Faleceu, no decorrer da semana passada, Aracy Pinto. Acredito que os mais jovens de Ip não a conheciam. Ela era irmã de Maristela e viuva de Dr. Almir Pinto. Uma mulher suave, delicada mas passava a impressão de uma mulher firme e segura. Estava com 96 anos.

Lembrei uma frase de Rubem Alves: “A consciência da morte torna a vida delicada. Ela nos faz prestar atenção no “momento”, que é a única coisa que realmente possuímos.”
Anúncios